quarta-feira, 3 de agosto de 2011

I Semana de Aleitamento Materno é realizada em Ipatinga

Entre os dias 1º a 7 de agosto, a cidade de Ipatinga estará incluída nas comemorações da XX Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) e da realização da I Semana de Aleitamento Materno de Ipatinga. Durante toda a semana, os moradores da cidade de Ipatinga e região terão a oportunidade de participar de diversas atividades como exposição de fotografia e roda de bate papo sobre o tema central “Amamentação: Uma Experiência em 3D”. O evento acontecerá no Hall do Hospital Márcio Cunha e no Parque Ipanema. As gestantes, mães que estão amamentando e as pessoas interessadas pelo assunto estão convidadas para participar das ações que tem como finalidade comemorar a Semana Mundial do Aleitamento Materno.

Em Ipatinga, o evento é realizado pela Doula Erica Carattiero e pela Enfermeira Nádia Ribeiro da Silva, através da Quero Mamar, em parceria com o Hospital Márcio Cunha, Usisaúde, a Prefeitura Municipal de Ipatinga, através da Secretaria Municipal de Saúde - DEASA,  e Universidade Presidente Antônio Carlos do Vale do Aço (UNIPAC), através dos Cursos de Enfermagem e Fonoaudiologia.

As comemorações iniciam com uma Exposição de Fotografia do dia 1º a 6 de agosto no  Hall do Hospital Márcio Cunha e no dia 7 (domingo), de 10 as 15h, na área de eventos do Parque Ipanema. A Exposição vai retratar mães amamentando em diversas situações como prematuros, recém nascidos (primeiros minutos), amamentação de gêmeos, translactação, deficiente visual amamentando, gestante amamentando criança com mais de dois anos, amamentação simultânea de recém nascido e criança de dois anos e outros.

Durante toda a semana, serão distribuídos folhetos explicativos voltados para gestantes e mães com bebês em fase de amamentação em postos de saúde e Hospital. Para encerrar as atividades da Semana, além da Exposição de Fotografia no dia 7 de agosto (domingo), às 14h, será realizada também no Parque Ipanema uma roda de bate papo, que abordará esclarecimentos sobre amamentação e troca de experiências. Após essa atividade, acontecerá distribuição de brindes toalhinhas, curso de cuidados com o recém-nascido e consulta de consultoria em aleitamento materno. O evento no domingo terá a participação de alunos do curso de Enfermagem e Fonoaudiologia da UNIPAC Vale do Aço e haverá distribuição de balões a partir das 10h.

A I Semana de Aleitamento Materno de Ipatinga faz parte de um projeto de cunho educativo que tem como objetivos: demonstrar para as mães e familiares os benefícios extraordinários da amamentação, tanto para as mães como para seus filhos e em especial a maior proteção contra doenças, e a maior integração entre mãe e filho; estimular atividades de promoção, proteção e apoio à amamentação em toda a sociedade e inclusive na instituição de ensino; apoiar e conscientizar as mulheres para que exerçam seu papel como mães geradoras e alimentadoras de novos seres sociais e sensibilizar a sociedade para que compreendam e apóiem a mulher que amamenta.

Para a consultora em aleitamento materno e Enfermeira da Quero Mamar, Nádia Ribeiro da Silva, a ideia de realizar o evento foi uma iniciativa dela em conjunto com a Doula Érica Carattiero com o intuito de comemorar a Semana Mundial do Aleitamento Materno. “A importância do aleitamento materno se torna cada vez mais evidente e essa prática vem sendo incentivada em todo mundo, especialmente em nosso país, que se tornou modelo para os demais. A Semana da Amamentação é comemorada no mundo, inclusive no Brasil desde 1992. Agora, vamos iniciar este trabalho aqui em Ipatinga”, conclui.

Segundo Erica Carattiero, doula e também designer responsável pela curadoria da exposição de fotos, o objetivo é mostrar, através de fotos de mulheres comuns, que com a busca de informação, paciência e muito apoio, é possível amamentar pelo menos até os 6 meses de vida do bebê, sem precisar usar mamadeiras ou complementos com fórmula. “A escolha das fotos que compõem a exposição foi muito difícil, pela quantidade de fotos disponibilizada pelas mães que participam de listas de discussão sobre parto e amamentação. Gostaríamos de colocar todas nos banners, mas escolhemos algumas que sensibilizam pelo fato de serem histórias de amamentação um pouco atípicas ao que é passado de informações até mesmo em campanhas”.

A Diretora do Departamento de Atenção à Saúde - DEASA, Nara Canêdo, reforça que o aleitamento materno é muito importante na prevenção de doenças na infância. ”As mães devem acreditar no poder da amamentação que traz muitas vantagens para o bebê, além de defesa contra inúmeras doenças na infância.”

Para a coordenadora do curso de Enfermagem da UNIPAC Vale do Aço, Letícia França, a inclusão dos acadêmicos de enfermagem nas ações da SMAM é de importância fundamental para a formação dos futuros profissionais que estarão em contato direto com as gestantes, pois o tema amamentação deve ser trabalhado desde o início da gravidez. É um processo contínuo e não isolado.

Após a semana oficial, a exposição de fotos retornará ao Hall de entrada do Hospital Márcio Cunha de 8 a 12 de agosto. O público que tiver interesse ainda poderá conferir a mostra de fotos dos dias 15 a 19 de agosto no Laboratório Vila Rica (Unidade do Canaã) e de 22 a 31 de agosto, na UNIPAC Vale do Aço no bairro Bethânia.

Semana Mundial de Aleitamento Materno - SMAM

Semana Mundial de Aleitamento Materno é idealizada pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (WABA - The World Alliance for Breastfeeding Action) desde 1992. São eventos realizados há 20 anos por pessoas e entidades que apóiam a amamentação em mais de 170 países, e será a primeira vez que Ipatinga faz parte oficialmente desse evento mundial. A cada ano, uma temática faz a chamada para o desenvolvimento das ações. Neste ano, o tema “Amamentação: Uma Experiência em 3D” fala sobre a busca de informações e troca de experiências, que contribuem muito para o sucesso na amamentação

De acordo com a consultora em aleitamento materno e Enfermeira da Quero Mamar Nádia Ribeiro da Silva, neste ano de 2011 a Semana Mundial de Amamentação (SMAM) traz uma abordagem muito pertinente. “O foco está na importância da conexão entre mãe e bebê, mas também no suporte do profissional de saúde, da família, dos amigos e especialmente das redes sociais. Mãe que recebe apoio, orientação, informação é uma mãe empoderada. A Mãe encorajada é capaz de identificar um problema, saber como solucioná-lo e, quando não consegue, tem forças e motivação para buscar ajuda imediatamente, sem desmamar ao sinal da primeira dificuldade”.